sábado, 5 de dezembro de 2015

"O Príncipe das Trevas", Jean Plaidy

Boa tarde, queridos leitores!

"Uma atmosfera inquieta predominara na corte da Bretanha desde a chegada do visitante inesperado, o príncipe João, conde de Mortain, irmão de Ricardo I da Inglaterra - homem cuja reputação era tal que levava o povo a acreditar na lenda de que o sangue do diabo infectara, certa vez, a casa de Anjou e o Príncipe das Trevas voltara à Terra na pessoa do príncipe João" (Jean Plaidy).

Essa é a descrição de Plaidy do príncipe João, que viria a tomar a coroa da Inglaterra depois da morte do seu irmão Ricardo Coração-de-Leão e se tornaria o rei mais cruel da história da monarquia inglesa, o próprio descendente do Diabo!

Este é "O Príncipe das Trevas", o quarto volume da envolvente Saga Plantageneta, que narra as aventuras e desventuras dos primeiros reis e rainhas das Inglaterra pertencentes a esta dinastia que reinou do século XII ao XV, passando por momentos importantíssimos na consolidação da nação inglesa.


O reinado de João foi caracterizado por sua devassidão (semelhante à de seu pai, Henrique II) e sua tirania, que acabou aguçando a ira de seus barões, que se revoltaram contra ele e prometeram aliança ao Rei Filipe da França. Os franceses não apoiavam a coroação de João e afirmavam que o título de legítimo Rei da Inglaterra cabia a Artur (sobrinho de João e filho mais velho do irmão mais velho de João, Geofredo). No entanto, o cruel João não deixaria o trono tão facilmente e recorreria a tudo - até ao assassinato - para garantir o seu poder.

Rei João da Inglaterra

O Rei João passava muitas horas saciando seus prazeres e negligenciando os assuntos reais, o que causou a perda do rico território da Normandia para a França. Cansados da negligência do seu rei, os barões se reuniram e obrigaram o rei a assinar a famosa Magna Carta, que - à contragosto de João - limitava os poderes do soberano.

Assinatura da Magna Carta


Um ano após a assinatura da Carta, João morreu de disenteria, deixando, mais uma vez, o trono da Inglaterra vago. Com a sua morte, os olhos dos inglesas caíram em Henrique III, filho de João, que viria a tornar-se o próximo Rei da Inglaterra e um dos personagens do próximo volume da Saga Plantageneta: "A Batalha das Rainhas", que já está na minha lista de leitura para as férias!

Rei João e seu sorinho, Artur
Quem acompanha o meu blog sabe que eu sou apaixonada por romances históricos. Eu simplesmente adoro a maneira como realidade e ficção se entrelaçam, levando o leitor a outro período na história! E que período melhor do que a Idade Média? Conflitos entre cavaleiros e a luta pelo trono são temas fascinantes, na minha opinião. Quem gosta de tramas medievais, vai adorar essa saga de 14 volumes da genial Jean Plaidy.

Quem tiver interesse em conferir as resenhas referentes aos três primeiros livros da série, pode acessá-las clicando aqui.

Espero que tenham gostado dessa jornada pelo século XIII tanto quanto eu.

Uma ótima noite de sábado a todos e, é claro, ótimas leituras!

Um abraço,

Fernanda

Um comentário:

  1. estou no vol 9 e amo de paixão... fico triste quando um livro acaba

    ResponderExcluir