sexta-feira, 5 de junho de 2015

"Prelúdio de Sangue", Jean Plaidy

Bom dia, queridos leitores!

Hoje eu trago um prato cheio para os amantes de romances históricos como eu! Há muito tempo queria ler os livros de Jean Plaidy, grande nome deste gênero de literatura, e que já escreveu mais de duzentos livros! Ela transforma a vida de grandes reis e rainhas da história da realeza inglesa em deliciosos romances, trazendo estes personagens históricos de volta à vida e nos transportando para o período de guerras e intrigas da Inglaterra Medieval.

O livro que trago para vocês hoje, Prelúdio de Sangue, publicado em 1976, é o primeiro da saga de 14 livros escritos por Plaidy sobre a dinastia Plantageneta, que reinou na Inglaterra de 1154 a 1399 através do governo de de oito memoráveis reis. O primeiro rei desta dinastia foi Henrique II, filho de Godofredo V de Anjou e Matilda, que havia sido Imperatriz Consorte da Alemanha durante o seu primeiro casamento. Henrique II reinou de 1154 até a sua morte e Prelúdio de Sangue nos conta a sua ascensão ao trono, que deu origem à dinastia Plantageneta.

Henrique II, da Casa Plantageneta

O livro inicia-se com a bela e dominadora Eleanor da Aquitânia que, após a morte do seu pai, casou-se com Luís VI, rei da França. Ambiciosa, Eleanor chega ao trono da França, mas se desaponta com a vida de casada com Luís, que havia sido criado para ser um homem da igreja. Eleanor foi famosa por ter diversos trovadores em sua corte na Aquitânia que cantavam o amor e suas aventuras. No fundo uma mulher romântica, Eleanor ansiava por mais paixão em sua vida.

Após ter duas filhas com o rei da França e depois de muita persistência, Eleanor consegue o consentimento do Papa para anular o casamento dos dois devido a laços consanguíneos (essa era a única maneira de anular um casamento na época. Se houvesse divórcio, nenhum dos dois poderia se casar novamente). Assim, Eleanor se vê livre para ir em busca de suas aventuras amorosas e acaba se casando com Henrique II, doze anos mais jovem, viril e o oposto de Luís. E, mais importante, o principal herdeiro do trono da Inglaterra.

Eleanor da Aquitânia

Assim, Eleanor da Aquitânia se torna a primeira e única mulher a ocupar ambos os tronos da França e da Inglaterra. Uma mulher muito poderosa, sem dúvida!

Prelúdio de Sangue é uma deliciosa jornada pelas terras da França e Inglaterra medievais e seus impiedosos conflitos pelo poder. O Crepúsculo da Águia é o segundo volume da série e continua a narrar os desafios do governo de Henrique II e suas desavenças com a Igreja, além da constante busca de Eleanor por mais poder e do seu ódio pelas infidelidades do rei.

Jean Plaidy é um dos pseudônimos de Eleanor Hibbert, escritora inglesa que viveu de 1906 a 1993. Jean Plaidy é o pseudônimo que usava para escrever romances sobre a monarquia inglesa. Também usou o nome Victoria Holt para escrever romances góticos, Philippa Carr para escrever a saga de uma família que atravessa gerações, e cinco outros nomes para escrever romances de mistério e detetivescos. Seus livros venderam mais de 100 milhões de cópias em mais de 20 idiomas.

Jean Plaidy


Desejo a todos ótimas leituras e nos vemos pela Inglaterra Medieval!

Fernanda

9 comentários:

  1. Olá,
    Adoro a forma que você coloca informações interessantes e relevantes junto de uma indicação literária. Não conhecia esse livro, mas já fiquei curiosa, muito bom o post!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Caramba, Fernanda, que incrível! Não conhecia a Jean, adorei sua resenha! Gosto muito de romances históricos, mas é difícil achar um mais complexo, a maioria é raso quando se fala em história mesmo, a autora me lembrou um pouco a Anne Rice (ela é historiadora e coloca vampiros em eventos históricos). Vou anotar a dica!

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda.
    Amo romance histórico e estou chocada como não ouvi falar de Jean Plaidy antes. Na verdade já tinha ouvido falar da autora mas nunca me ative ao tipo de livro que ela escreve. Adorei conhecer um pouquinho mais dessa série e o primeiro volume parece ser um livro incrível! Bem diferente dos romances históricos superficiais e clichês que encontramos hoje em dia, não? Adorei e espero conseguir ler um pouquinho dos livros da Jean em breve.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a autora e adorei essa dica de romances históricos, e pensar que quando lançou esse livro eu tinha 02 aninhos hehe . Quantos livros a autora já publicou adorei conhecer mais. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Nem sabia que era possível anular um casamento depois de ter duas filhas, nem que laços consanguíneos eram o único motivo que permitia isso em certa época... Nossa, e quantos pseudônimos a autora tinha! hehe... Não é meu tipo de história preferida, mas leria o livro.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernanda, tudo bem?

    Adoro um bom romance histórico e fiquei com vontade de ler esse livro agora. Nunca tinha ouvido falar sobre a autora, mas fiquei curiosa em ler seus livros. Anotei a dica e depois vou procurar com mais calma.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  7. Oi Fernanda, nossa não sabia que o divorcio poderia impedi-los de casar novamente e nem que pudesse ser feito uma anulação de casamento após ter dois filhos. Achei a história de Eleanor muito interessante, fiquei curiosa.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá... eu gosto de romance histórico, mas esse em si não me chamou atenção... tem muito teor histórico e uma narrativa assim não me cativa pela leitura, mas não posso deixar de citar as informações, como assim depois do divórcio não se podia casar novamente... mas anulação do casamento após ter filhos foi mais chocante.... Xero!

    ResponderExcluir
  9. Para tudo! Como assim ele já escreveu váaarios romances de época e eu nunca tinha ouvido falar nele? adorei essa pegada que mistura ficção com realidade.. É bom que além de se divertir, também aprendemos um pouquinho rs

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir